Cortinas: filmagens e pose

Melhor planejar mais que menos!

Neste Artigo:

Bom saber

Alguns tecidos muito leves (tule, organza, voile de algod√£o...) s√£o dif√≠ceis de manusear, movem-se constantemente e resistem √† fixa√ß√£o. Mesmo que seja um pouco tedioso, n√£o hesite em identificar o fio direito do seu tecido e prenda cuidadosamente a sua bainha, optando por uma dupla volta, muito mais forte. Trabalhe 20 cm por 20 cm para costurar a m√°quina ou a bainha √† m√£o como e quando. Pelo contr√°rio, alguns tecidos muito secos e bastante r√≠gidos exigem √Ęngulos perfeitos e sem espessura extra. Aqui est√° o procedimento a seguir para realiz√°-las. ‚ÄĘ Dobre a bainha sobre todas as bordas do tecido e passe-a com √™nfase nas bordas e nos √Ęngulos. ‚ÄĘ Abra a bainha, dobre o √Ęngulo para a primeira dobra e marque essa diagonal para o ferro. ‚ÄĘ Corte este ponto a 3 mm da dobra. ‚ÄĘ Dobre este pequeno extra e dobre os lados do tecido colocando-os bem de ponta a ponta para formar um √Ęngulo reto. ‚ÄĘ Pino, segure as bordas do canto com um ponto escorregadio antes de costurar a bainha na m√°quina. Saiba como fazer tudo - decora√ß√£o da casa ¬© Casa r√ļstica - Edi√ß√Ķes Flammarion, 2006
Compartilhe Com Seus Amigos:
Cortinas: filmagens e pose
‚á° Em Cima