Como n√£o estar em conflito com seu filho adolescente para que ele arrume o quarto dele?

Pare no bazar no quarto dos nossos adolescentes!

Neste Artigo:

O quarto do seu adolescente mudou ao longo dos meses e ele se recusa a guard√°-lo? E, por falta de compreens√£o das raz√Ķes de sua oposi√ß√£o, voc√™ a vive como uma agress√£o pessoal. Para entender melhor o significado desse transtorno e encontrar solu√ß√Ķes para corrigir maus h√°bitos, entrevistamos a equipe da enfermaria psiqui√°trica da crian√ßa e adolescente que trabalha no litoral do Centro Adolescente de Dunquerque.. Composto por dois enfermeiros, um psiquiatra infantil e dois psic√≥logos, este hoje nos oferece algumas linhas de pensamento e dicas pr√°ticas para administrar a situa√ß√£o. Em suas canetas!

Representando sua interioridade em pleno caos, o quarto de um adolescente √© um espa√ßo √≠ntimo onde ele gosta de se refugiar para sonhar, ouvir m√ļsica, se isolar e receber seus amigos. Como fazer os pais entenderem todas as quest√Ķes envolvidas neste espa√ßo?

Voc√™ deve saber que a adolesc√™ncia √© um per√≠odo de profundas mudan√ßas e muta√ß√Ķes. Deixamos a identidade de nosso filho, e isso √†s vezes pode ser doloroso para o adolescente que tem que lamentar seu status anterior e apreender o mundo de uma maneira diferente, diferente do mundo infantil que ele construiu. No quarto, isso requer uma nova apropria√ß√£o de seu espa√ßo vital. Ele investir√° a pe√ßa pendurando cartazes de suas estrelas favoritas, buscando um arranjo de espa√ßo que atenda √† sua nova identidade e, especialmente, evitando, tanto quanto poss√≠vel, qualquer intrus√£o fechando a porta do seu quarto. No entanto, n√£o h√° necessidade de se alarmar! Pelo contr√°rio, os pais devem entender que, neste momento, a porta √© muito importante como um meio de isolar-se e ter um espa√ßo na casa. Se os pais sentirem que s√£o exclu√≠dos ou mesmo banidos deste espa√ßo e, mais geralmente, da vida de seus filhos, pode ser interessante que eles se lembrem de como eles viveram e lidaram com a situa√ß√£o quando eram eles mesmos. mesmos adolescentes. Muitas vezes, a adolesc√™ncia das crian√ßas desperta as mem√≥rias dos pais sobre a pr√≥pria adolesc√™ncia. O que os pais devem entender tamb√©m √© que este espa√ßo √© √ļtil, mesmo necess√°rio, depois de 11 anos, √© melhor ter seu pr√≥prio quarto ou espa√ßo e voc√™ tem que evitar que os adolescentes compartilhem seu quarto com eles. mais jovem.

Como n√£o estar em conflito com seu filho adolescente para que ele arrume o quarto dele?: adolescente

Muitos pais t√™m a impress√£o de que o dist√ļrbio externo corresponde a uma desordem interna do filho. Voc√™ realmente acha que eles precisam se preocupar?

N√£o h√° absolutamente nada para se preocupar! Exceto, talvez pelo estado do seu quarto! A desordem externa √©, de fato, uma passagem obrigat√≥ria da adolesc√™ncia e esse problema geralmente √© resolvido por si s√≥ quando os pais abdicam ou quando o jovem sai de casa. Por outro lado, os pais devem entender que nessa idade, entre os doze e os dezoito anos, o filho est√° em um per√≠odo de profundas mudan√ßas (emocional, sexual, amor, etc.) e que ele tem prioridades. muito mais importante do que guardar seu quarto. Na realidade, esse dist√ļrbio muitas vezes √© apenas uma maneira de se apropriar de um c√īmodo da casa e fazer o que ele gosta. Por outro lado, o que √© mais perturbador √© quando o adolescente n√£o sai do seu quarto, se isola de seus relacionamentos, √© muito organizado ou n√£o suporta que as coisas n√£o estejam em seu lugar. Este √© frequentemente o sinal de tens√Ķes internas. L√°, h√° um motivo para se preocupar!

Como n√£o estar em conflito com seu filho adolescente para que ele arrume o quarto dele?: filho

Quais s√£o as raz√Ķes pelas quais muitos adolescentes t√™m um relacionamento complicado com o armazenamento?

Neste momento, o adolescente tende a questionar as regras e organiza√ß√£o da fam√≠lia. Ent√£o, n√£o arrumar seu quarto e ter um pequeno bazar √© para ele uma boa maneira de definir seu territ√≥rio e afirmar sua identidade. Por exemplo, pode ser interessante se debru√ßar sobre a lavanderia e seu gerenciamento. A roupa √© uma esp√©cie de segunda pele. √Č tamb√©m o √ļltimo basti√£o da autonomia. Somos de fato independentes quando tomamos a iniciativa de comprar sua pr√≥pria m√°quina de lavar roupa e n√£o vamos e voltamos para seus pais para trazer suas roupas e comprar pequenos pratos preparados para a semana. Quando a crian√ßa ainda est√° em casa, fa√ßa as seguintes perguntas: Quantas roupas sujas os pais est√£o dispostos a segurar antes de peg√°-las? Quem pega as roupas sujas e arruma as limpas? Existe um dia definido para a lavanderia? Quando ela chega com sua camiseta suja que ela quer "absolutamente usar este fim de semana", ou seja, em dois dias, e bem naquele momento, √© talvez a ocasi√£o de Explique-lhe simplesmente o funcionamento da m√°quina de lavar e do ferro.

Como n√£o estar em conflito com seu filho adolescente para que ele arrume o quarto dele?: adolescente

√Č imperativo exigir que o adolescente arrume seu quarto?

Devemos deixar que administre autonomamente o armazenamento desse espa√ßo pessoal onde intervir e impor limites e regras de higiene? Existe toda a quest√£o! Se admitirmos que cabe ao adolescente arrumar esse espa√ßo, por que os pais se sentem obrigados a insistir? Por que esse pedido √© tudo trivial √© fonte de m√ļltiplas tens√Ķes na fam√≠lia. √Äs vezes dif√≠cil, deve-se saber que os conflitos tamb√©m s√£o muito reconfortantes para o adolescente que sente que n√£o est√° completamente desapontado e que √© apoiado em caso de necessidade.

Como n√£o estar em conflito com seu filho adolescente para que ele arrume o quarto dele?: como

De modo geral, √© importante que os pais estabele√ßam limites, sejam claros sobre as penalidades que incorrem e o que eles significam para o filho quando a sala est√° muito confusa. Por exemplo, eles podem colocar um saco de lixo e um aspirador de p√≥ na frente da sala quando for hora de intervir. Em suma, nosso conselho: aguarde e mantenha um link com seu filho adolescente! Quanto a armazenar-se, √© melhor abster-se e acompanh√°-lo neste armazenamento. O erro seria que os pais deixassem de lado antes mesmo que fosse confuso e que o adolescente n√£o fizesse nada e que ele considerasse que, uma vez que essa desordem irrita seus pais e eles gostam de arrumar, tanto quanto eles o fazem -Mesma. Da mesma forma, o erro tamb√©m √© verdadeiro quando os pais exaustos come√ßam a agir com a permiss√£o da crian√ßa. Naquele momento, o adolescente viu-o como uma interfer√™ncia em seu espa√ßo, j√° que de qualquer forma "ele faria isso em breve". Sendo este o caso, amea√ßar colocar as coisas em seu lugar √© uma boa alavanca para encorajar a a√ß√£o, mas uma amea√ßa para usar apenas como um √ļltimo recurso e com modera√ß√£o. Em qualquer caso, os pais "rangers" devem estar cientes de que, ao faz√™-lo, de qualquer maneira eles entram no espa√ßo √≠ntimo de seu adolescente, simbolizado pelas quatro paredes de seu quarto.

Como n√£o estar em conflito com seu filho adolescente para que ele arrume o quarto dele?: como

Dicas para incentivar um adolescente a arrumar seu quarto sem ter que lutar?

Antes de mais nada, esteja ciente de que n√£o devemos tentar evitar o conflito, mas torn√°-lo construtivo. Ou seja, integra e valida a diferen√ßa de pontos de vista do adulto e do adolescente. Importante tamb√©m impor limites e lembr√°-los em caso de transbordamento. Os limites s√£o certamente fontes de oposi√ß√£o, mas s√£o tamb√©m, e sobretudo, tranquilizadores quando s√£o justos e apropriados. Outra ideia: tentar torn√°-los aut√īnomos no armazenamento, mostrando-lhes, por exemplo, o funcionamento do aspirador de p√≥ e da m√°quina de lavar roupa e / ou estabelecendo uma forma de contrato na gest√£o de armazenamento. Tenha cuidado, por√©m, se voc√™ escolher esta solu√ß√£o, deixe-os gerenciar em seu pr√≥prio ritmo e √† sua maneira! Finalmente, se ainda n√£o foi feito, pode ser hora de rever a decora√ß√£o e layout do seu quarto para que ele possa investir mais. Ao reconhecer este espa√ßo como seu espa√ßo, dando-lhe a oportunidade de reinvent√°-lo, √© uma aposta segura que ele trar√° mais cuidado e aten√ß√£o ao seu quarto.

Vídeo: Como lidar com filhos adultos que agem feito adolescentes

Compartilhe Com Seus Amigos:
Como n√£o estar em conflito com seu filho adolescente para que ele arrume o quarto dele?
‚á° Em Cima