Entrevista com Monique Chevry, designer e jardineira do Jardin d'Adoué

Eu tento reviver as antigas plantas que foram criadas na regi√£o

Neste Artigo:

Com os seus sumptuosos maci√ßos de plantas antigas e a sua mistura singular de plantas perenes e gram√≠neas, o jardim de Adou√© destaca-se com a eleg√Ęncia dos outros jardins da regi√£o. Empoleirada no sul em uma colina de calc√°rio de argila no cora√ß√£o da regi√£o de Lorraine, tem a particularidade de apresentar plantas r√ļsticas e r√ļsticas adaptadas ao clima frio e √ļmido do Oriente. Neste belo solo de um hectare √© adicionado um viveiro de plantas perenes tamb√©m criado por Monique Chevry, para quem a jardinagem tornou-se √≥bvio desde muito jovem. Encontro com uma mulher alegre e apaixonada.

Conte-nos sobre sua carreira...

Eu sempre tive uma paixão pelo jardim, mas não pensei imediatamente em torná-lo minha profissão. Na minha opinião, a profissão de creche dificilmente é compatível com a vida familiar, então os horários são obrigatórios. Então eu pratiquei a contabilidade por 20 anos, minha primeira vida profissional de certa forma, então eu tive o projeto de me associar com alguém para entrar no mundo da jardinagem. As crianças cresceram e eu poderia ter um salário menor para viver minha paixão! O projeto não poderia ter sucesso, então é só que eu embarquei na aventura do jardim de Adoué. Meu marido, Jean-Luc, obviamente me apoiou muito - e ajudou - nesse projeto, mas ainda o carreguei.

Entrevista com Monique Chevry, designer e jardineira do Jardin d'Adoué: jardin

Entrevista com Monique Chevry, designer e jardineira do Jardin d'Adoué: chevry

Como o Jardin d'Adoué é articulado?

N√≥s criamos e expandimos o jardim √† medida que as parcelas vizinhas s√£o compradas. H√° uma certa l√≥gica em sua carreira, no entanto nada √© fixo: como todos os jardins, o nosso evolui ao longo dos anos! Toda a terra √© muito coerente e inclui um jardim de rosas, duas piscinas, perenes e gram√≠neas, muitas √°rvores e arbustos... A √ļnica regra que estabeleci √© apresentar apenas plantas adaptadas ao solo.. Existem variedades suficientes na regi√£o para poder criar belos espa√ßos naturais ricos em cor, sem precisar importar plantas ex√≥ticas ou vir de pa√≠ses muito distantes.

Entrevista com Monique Chevry, designer e jardineira do Jardin d'Adoué: jardin

A este respeito, quais s√£o as plantas mais emblem√°ticas do seu jardim?

Eu tento reviver as velhas plantas que foram criadas na região, as que eu chamo de "plantas avós": velhas campanelles, heucheres, phlox... Estas estavam em todos os jardins da nossa porque eles serviram para florescer igrejas no domingo. Deve-se saber que Lorena conheceu vários horticultores renomados nos séculos XIX e XX; Portanto, perpetuo uma tradição regional, mesmo que seja muito menos famosa.

Entrevista com Monique Chevry, designer e jardineira do Jardin d'Adoué: designer

Você tem muitas atividades além de passeios de manutenção e jardim...

√Č verdade que estou bastante ocupado, entre o ber√ß√°rio, meu cat√°logo de plantas on-line (//jardin-adoue.com/jardindadoue/2389/boutique), primavera muito ocupada em planta√ß√Ķes, manuten√ß√£o, eventos de todo tipo de plantas... Mas continua sendo um prazer de todos os tempos!

Entrevista com Monique Chevry, designer e jardineira do Jardin d'Adoué: chevry

O jardim de Adoué 8 chemin du Rupte d'Adoué 54690 Lay Saint Christophe Telefone: +33 (0) 3 83 22 68 12 Horário de abertura Aberto todas as tardes das 14h às 18h, exceto quarta-feira, domingo e feriados.

Assista ao nosso vídeo: cure a roseira

Todos os vídeos de jardinagem

Vídeo:

Compartilhe Com Seus Amigos:
Entrevista com Monique Chevry, designer e jardineira do Jardin d'Adoué
‚á° Em Cima