Encontro com Jean Lemoussu, jardineiro-chefe dos jardins de Marqueyssac, miradouro da Dordogne

Um dos mais belos panoramas do Périgord preto

Neste Artigo:

Aninhado no topo de um espor√£o rochoso, o parque do Ch√Ęteau de Marqueyssac √©, todos os anos, o jardim mais visitado do P√©rigord. Espalhado por 22 hectares, este site listado oferece aos seus visitantes uma vista excepcional sobre o vale do Dordogne, atrav√©s de mais de 6 quil√īmetros de caminhos sinuosos de caixas centen√°rias cortadas √† m√£o. Destreza est√©tica e t√©cnica, estes jardins contam-nos sobre a regi√£o, o seu patrim√≥nio e est√£o agora preservados gra√ßas a uma equipa de jardineiros liderada por Jean Lemoussu.

Conte-nos sobre sua carreira...

Cheguei a Marqueyssac por acaso. Antes da abertura dos jardins em 1997, passei algumas temporadas no local vizinho de Castelnaud. Em seguida, juntei-me √† equipe do Marqueyssac para desenvolver todo o lado de anima√ß√£o do dom√≠nio. Um post que correspondia √† minha forma√ß√£o universit√°ria em ci√™ncias naturais, porque antes se destinava ao ensino no in√≠cio. A partir da√≠, finalizei a montagem de um circuito pedag√≥gico, focado na flora e fauna dos jardins, organizei visitas guiadas e criei diversos produtos dedicados a um p√ļblico escolar. Um ano e meio depois, um pouco de surpresa, mas tamb√©m por causa de uma reestrutura√ß√£o econ√īmica, tamb√©m fui encarregado da manuten√ß√£o da propriedade. Hoje, sou respons√°vel por uma d√ļzia de pessoas, em anima√ß√£o e no jardim. Este chap√©u duplo, embora estivesse tentando no in√≠cio, mostrou-se muito eficaz. A colabora√ß√£o entre as duas equipes √© feita naturalmente e permite uma melhor organiza√ß√£o. As duas atividades se complementam e eu tenho uma vis√£o melhor para gerenciar o terreno.

Encontro com Jean Lemoussu, jardineiro-chefe dos jardins de Marqueyssac, miradouro da Dordogne: lemoussu

Mas como passamos a animação no jardim?

Claro, eu tive que expandir muito minhas habilidades e conhecimento de plantas. Eu trabalhei a parte de paisagismo visitando outros jardins, enquanto trocando com outros jardineiros. E ent√£o aprendi muitas t√©cnicas que n√£o dominava. Sendo da regi√£o, com av√≥s de fazendeiros, eu tinha algumas no√ß√Ķes, mas n√£o estava totalmente ciente desse universo. Felizmente, eu tinha uma boa base para trabalhar, n√£o fiz um redesenho do site, continuei desenvolvendo um parque que j√° existe h√° mais de 150 anos.

E o que encontramos nesses jardins?

O parque tem dois grandes ativos. J√° beneficia de uma situa√ß√£o geogr√°fica excepcional, oferecendo assim um panorama incr√≠vel sobre a Dordogne e o P√©rigord preto. Ent√£o, outra grande caracter√≠stica de Marqueyssac, s√£o seus dez mil milhares de buxo plantados nesse promont√≥rio rochoso. Sua forma suave e arredondada ecoa a paisagem circundante e lembra as colinas suaves. √Č uma transi√ß√£o linda para os olhos. O aspecto envergonhado do buxo √© o resultado de um reflexo real do tempo. N√≥s simplesmente nos concentramos em recuper√°-lo duas vezes por ano, tendo em mente os jardins rom√Ęnticos do s√©culo XIX.

Encontro com Jean Lemoussu, jardineiro-chefe dos jardins de Marqueyssac, miradouro da Dordogne: jean

Os jardins de Marqueyssac também são chamados de jardins suspensos, por quê?

Todo o parque foi criado na beira de um penhasco. Enquanto domina o vale, mas a sua localiza√ß√£o geogr√°fica torna um lugar bastante hostil ao desenvolvimento de um jardim. As paredes s√£o rochosas, calc√°rias e queimadas no ver√£o. Isto √© o que condicionou todo o seu layout. Precisava de uma vegeta√ß√£o resistente e adequada. Encontramos ent√£o este famoso buxo, esta planta mediterr√Ęnea conhecida por suportar a seca do solo, mas tamb√©m capaz de empurrar a vegeta√ß√£o rasteira, de uma ponta √† outra do jardim. Esta exuber√Ęncia, tamb√©m chamada de "loucura", √© inicialmente uma escolha estrat√©gica, mas torna-se totalmente est√©tica para torn√°-la uma das √°reas mais incr√≠veis da regi√£o.

E como você mantém esse campo diariamente?

Meu principal objetivo √© preservar a hist√≥ria do jardim. Quando eu tenho instala√ß√Ķes para criar para os visitantes, eu sempre tento me colocar no lugar do p√ļblico para melhorar a est√©tica e o conforto da visita. E a integra√ß√£o de novas interfaces deve se adaptar absolutamente ao terreno para respeitar o site. Porque sim, o campo evolui diariamente, mas nos certificamos de que nada choca ou afeta visualmente o amante do jardim. Porque mais de 200.000 visitantes por ano v√™m para apreciar a paisagem. A complexidade do lugar, a multiplicidade de pequenas vielas, os poucos espa√ßos planos neste promont√≥rio rochoso ainda s√£o outros constrangimentos a gerir, mas √© tamb√©m o que faz o encanto do Marqueyssac.

Encontro com Jean Lemoussu, jardineiro-chefe dos jardins de Marqueyssac, miradouro da Dordogne: jean

Todas as informa√ß√Ķes no site: marqueyssac.com

Vídeo:

Compartilhe Com Seus Amigos:
Encontro com Jean Lemoussu, jardineiro-chefe dos jardins de Marqueyssac, miradouro da Dordogne
‚á° Em Cima