Um novo padrão para lareiras a etanol

Evite a compra de bens em segunda mão ou vendidos

Neste Artigo:

Para que os consumidores fiquem tranquilos, a norma francesa NF D 35-386, aprovada em 1º de julho de 2009, protege-os dos perigos potenciais dos produtos de etanol e sujeita esses dispositivos a testes rigorosos. Os domicílios sem dutos de etanol que atendem a esta norma, portanto, não são mais arriscados, se, naturalmente, forem manuseados com cuidado.

Contra o risco de queimaduras com a lareira de etanol

A Consumer Safety Commission (CSC) apontou em seu relatório de dezembro de 2008 o risco de queimaduras devido à extrema inflamabilidade do etanol. Para resolver este problema grave, a nova norma impõe vários requisitos aos fabricantes. Assim, o sistema de ignição deve permitir ao usuário não se aproximar de um plano horizontal a 20 cm do queimador durante a ignição. Além disso, desde que o aparelho esteja quente, é proibido acendê-lo novamente. Também deve ser projetado de tal forma que não seja possível acessar o combustível diretamente fora das fases de ignição e enchimento do tanque; sabendo que seu tanque deve, é claro, não ter risco de vazamento. Além disso, para evitar qualquer risco de capotamento, os aparelhos movidos a etanol devem ser vendidos com acessórios. Se o modelo for nômade, ele terá que passar por testes de estabilidade. Finalmente, todos os dispositivos devem estar equipados com uma parada de segurança acessível e facilmente operável e durante o uso normal, as chamas não devem se estender além dos lados da carcaça.

Contra o risco de envenenamento por monóxido de carbono

Outra mancha negra denunciada pelo CSC: os riscos relacionados a possíveis liberações de monóxido de carbono. Para excluir este perigo, a norma NF D 35-386 prevê, em particular, a obrigação de equipar o dispositivo com um detector automático que o pare assim que seja provável que produza monóxido de carbono. No que diz respeito à duração da utilização, esta deve ser limitada a 24 horas. O aparelho deve, portanto, ser projetado de modo que sua operação seja intermitente e a evaporação do combustível no queimador seja limitada quando for extinta. Para a capacidade nominal do tanque, ele deve ser menor ou igual a 2,25 L. No lado da potência, não deve exceder 4650 W. Todas essas medidas, como você deve ter entendido, visam limitar uma liberação excessiva de CO ar.

Para ir mais longe...

Em seu boletim de setembro a outubro de 2009, o CSC relembra algumas medidas de segurança Relatado abaixo para o uso otimizado da lareira de etanol: - Compre apenas aparelhos que atendam a NF D 35-386. - Evitar a compra de produtos usados ​​ou vendidos, bem como aqueles oferecidos em sites estrangeiros de venda à distância que não atendam aos requisitos desta norma. - Nunca instale uma lareira de etanol em um quarto de dormir. - Não deixe uma criança sozinha em um quarto com aparelho de etanol. - Coloque o aparelho num local livre de qualquer mobília ou material combustível. - Utilize apenas o combustível prescrito pelo fabricante. - Armazene o combustível em quantidades limitadas e fora do alcance das crianças

Vídeo: Lareira Etanol

Compartilhe Com Seus Amigos:
Um novo padrão para lareiras a etanol
⇡ Em Cima